Et l’Oscar est attribué à…


O Oscar 2012, ou como os pseudo-cults gostam de falar: o 84º Academy Awards. A festa que já foi eleita uma das mais chatas nos últimos anos, mas agora com certeza agitou… a Europa.

O ponto é que a premiação foi muito mais francesa do que estado-unidense. Os dois filmes que raparam geral foram: O Artista, filme mudo-francês que levou nada menos que as estatuetas mais importantes da noite (Melhor filme, Melhor ator, Melhor diretor) além mais outras duas técnicas (Melhor figurino e Melhor Trilha Sonora Original) somando 5 estatuetas; assim como Hugo Cabret, que levou 5 homenzinhos nas categorias mais técnicas (Efeitos Visuais, Fotografia, Direção de Arte, Edição de Som e Mixagem de Som). E adivinha só onde se passa o segundo filme? 5 pontos para a Grifinória se você falou França.

E as ligações com a terra do Croissant não pararam aí, quase todas as indicações tinham algo relacionado ao français. Por exemplo, o melhor roteiro adaptado foi para: Meia noite em… Paris. Um dos indicados à melhor animação foi Um Gato em… Paris. E basicamente todas as outras categorias tinham ou Hugo, ou o Artista indicados, isso quando os dois não competiam entre si. Hugo dominava as indicações, concorrendo a 11 estatuetas. A coisa tava num nível que certeza que serviram escargot no after party.

Bom, mas a lesminha da festa com certeza foi Brad Pitt: Moneyball foi indicado 6 vezes e não ganhou nenhuma. Ossos do oficio, Mr. Durden.

A lista dos indicados e premiados, feita pelo Omelete é essa aqui:

Melhor filme

  • O Artista
  • Os Descendentes
  • A Árvore da Vida
  • Histórias Cruzadas
  • A Invenção de Hugo Cabret
  • O Homem Que Mudou o Jogo
  • Cavalo de Guerra
  • Meia-Noite em Paris
  • Tão Perto e Tão Forte

Melhor ator

  • Jean Dujardin – O Artista
  • George Clooney – Os Descendentes
  • Brad Pitt – O Homem Que Mudou o Jogo
  • Demián Bichir – A Better Life
  • Gary Oldman – O Espião que Sabia Demais

Melhor atriz

  • Meryl Streep – A Dama de Ferro
  • Glenn Close – Albert Nobbs
  • Viola Davis – Histórias Cruzadas
  • Rooney Mara – Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres
  • Michelle Williams – Sete Dias com Marilyn

Melhor ator coadjuvante

  • Christopher Plummer – Toda Forma de Amor
  • Kenneth Branagh –Sete Dias com Marilyn
  • Nick Nolte – Guerreiro
  • Max Von Sidow – Tão Perto e Tão Forte
  • Jonah Hill – O Homem Que Mudou o Jogo

Melhor atriz coadjuvante

  • Octavia Spencer – Histórias Cruzadas
  • Bérénice Bejo – O Artista
  • Jessica Chastain – Histórias Cruzadas
  • Janet McTeer – Albert Nobbs
  • Melissa McCarthy – Missão Madrinha de Casamento

Melhor diretor

  • Michel Hazanivicous – O Artista
  • Woody Allen – Meia-Noite em Paris
  • Terrence Malick – A Árvore da Vida
  • Alexander Payne – Os Descendentes
  • Martin Scorsese – A Invenção de Hugo Cabret

Melhor roteiro adaptado

  • Os Descendentes
  • A Invenção de Hugo Cabret
  • Tudo pelo Poder
  • O Espião que Sabia Demais
  • O Homem Que Mudou o Jogo

Melhor roteiro original

  • Meia-Noite em Paris
  • O Artista
  • Margin Call – O Dia Antes do Fim
  • Missão Madrinha de Casamento
  • A Separação

Melhor filme em lingua estrangeira

  • A Separação (Irã)
  • Bullhead (Bélgica)
  • Monsieur Lazhar (Canadá)
  • Footnote (Israel)
  • In Darkness (Polônia)

Melhor longa animado

  • Rango
  • Gato de Botas
  • Kung Fu Panda 2
  • Um Gato em Paris
  • Chico & Rita

Melhor trilha sonora original

  • O Artista
  • As Aventuras de Tintim
  • O Espião que Sabia Demais
  • A Invenção de Hugo Cabret
  • Cavalo de Guerra

Melhor canção original

  • “Man or Muppet” – Os Muppets
  • “Real in Rio” – Rio

Melhores efeitos visuais

  • A Invenção de Hugo Cabret
  • Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2
  • Gigantes de Aço
  • Planeta dos Macacos – A Origem
  • Transformers: O Lado Oculto da Lua

Melhor maquiagem

  • A Dama de Ferro
  • Albert Nobbs
  • Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2

Melhor fotografia

  • A Invenção de Hugo Cabret
  • Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres
  • O Artista
  • A Árvore da Vida
  • Cavalo de Guerra

Melhor figurino

  • O Artista
  • Anônimo
  • A Invenção de Hugo Cabret
  • Jane Eyre
  • W.E. – O Romance do Século

Melhor direção de arte

  • A Invenção de Hugo Cabret
  • O Artista
  • Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2
  • Cavalo de Guerra

Melhor documentário

  • Undefeated
  • Hell and Back Again
  • If a Tree Falls
  • Paradise Lost 3: Purgatory
  • Pina

Melhor documentário de curta-metragem

  • Saving Face
  • God is the Bigger Elvis
  • The Barber of Birmingham: Foot Soldier of the Civil Rights Movement
  • Incident in New Baghdad
  • The Tsunami and the Cherry
  • Blossom

Melhor montagem

  • Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres
  • Os Descendentes
  • O Artista
  • O Homem Que Mudou o Jogo
  • A Invenção de Hugo Cabret

Melhor curta

  • The Shore
  • Pentecost
  • Raju
  • Time Freak
  • Tuba Atlantic

Melhor curta animado

  • The Fantastic Flying Books of Mister Morris Lessmore
  • Dimanche
  • La Luna
  • A Morning Stroll
  • Wild Life

Melhor edição de som

  • A Invenção de Hugo Cabret
  • Drive
  • Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres
  • Cavalo de Guerra
  • Transformers: O Lado Oculto da Lua

Melhor mixagem de som

  • A Invenção de Hugo Cabret
  • Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres
  • Cavalo de Guerra
  • Transformers: O Lado Oculto da Lua
  • O Homem Que Mudou o Jogo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s